sexta-feira, 9 de maio de 2014

Gato profano



Gatinho do céu, que estás aí em cima.
Da Timeline altaneira controla o meu Face.
Abre teus olhos de louça vítrea
Incendeia os aventureiros navegantes.

Permita que te olhe na íris espelhada.
Debaixo neste scrap mal escrito e digitado.
Abre tuas garras felinas e ágeis
Espanta os cruéis e inescrupulosos.

Tece o veludo e a seda nas fibras dos teus pelos.
Envolve a grama rosada e apela ao segredo.
Olha-me de cima, devagar, inebriante.

Abençoa-me do mal e afasta perniciosos.
És preto e retinto das cores do divino.
Fantasia de profanos em prece te pedindo.

k.t.n.* in prece profana


Nenhum comentário: