sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Para Fernanda Balbinot Carvalho

E te beijo com a areia e com os pés. / 
E te beijo com carinho e devoção. / 
Ainda beijo entre os olhos e cabelos. / 
Entre as pálpebras cerradas. / 
O carinho e o desvelo./ 

Beijo-te sempre e em mãos ágeis corredeiras. / 
E mais além, quando cansadas sentarem-se ao largo. / 

Beijo além, nas areias desta praia / 
Como ninguém, confesso à lua e à chuva rasa. /
 As estrelas todas contadas / 
Do céu da terra e do infinito./ 
Palmilham em estradas iluminadas / 


Para uma Fer, uma menina e moça, a nova estrela. 


E te beijo!