sexta-feira, 30 de julho de 2010

Eterno

Convido ao Eterno para retornar à partida.
Ao efêmero formas reduzidas.
Ao passageiro serestas funestas.
Alvissareiro digo ao além dos ares..............
Pinta-me de todas as cores, fugi do arco-íris, sou celeste sem forma.
Sou agreste, retorno.

Pinto as estrelas no espaço branco.
Prateio o pranto, brinco com o prato.
Lavo a mancheias, àquele que serpenteia.
Enfeito,louvo, rogo, engulo, permaneço e parto.

k.t.n.

Orkut

O orkut é um Príncipe Negro que te sorri.
Depois degusta e se ri.

k.t.n.

Br eu

A noite é breu.
A noite sou eu.
Noturna fresta.
Interna festa.

A noite eterna,
Ah, noite!
Amarela, rosada.
Espiralada, embasbacada.

Muita noite, pouco dia.
Muita fome, pouca alegria.
A espera uma esfera.
A medida uma menina.

A composê, matelassê;
Fio dourado, macramê.
Mas noite fica, noite torna.
Noite borda chão de estrelas.

Noite fica, espreita.
É noite apenas, noite do meu bem.

k.t.n.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

*&*

Minha noite é prata,
meu projeto dilata.

k.t.n .

Não copie, respeite autoria!

Quem trouxe a chave?





Chave-poema,
c h @ v e
enigmática
espiral@da
ovalada
quebrada-chave!

Quem trouxe?!

Ficou?! Partiu?!
Embora a chave,
Chove

@ c h @v e ...

Estranho condimento,
Perfazendo contornos.
Adorno
Adora
A saída ...
A rua, ferrolho partido,
Partiu?! Ficou?!

A b r i u .

A c h @ v e.
C h o v e.
Na torneira imóvel.

k.t.n*

sábado, 10 de julho de 2010

O s...

Os homens cantam a paz e o amor.

Os homens em seu canto uterino transformam pedras em rios largos e praias profundas.

Em azul e vermelho transmitem os mitos, as cavernas, as identidades.


Os homens. Os homens. Os homens.


Ciclo vital, ciclo inevitável, princípio, meio e fim.

Energia, vitalidade, circunstãncia.

Firmamento, Deus e Natureza.


Filhos, amados, amantes, ............são.


Os que houvem seus chamados, seu acolhimento em nácar de abelhas,

Sabem ....................veracidade................ vaidade sem elástico, vida pulsante........................ colo diamante!


k.t.n. in canto