domingo, 2 de fevereiro de 2014

homem e hóstias

Amar o homem que bebe o pão e o vinho somente aos domingos
Pecado Capital!
Amar o homem que come o vinho e o pão somente aos domingos
Incrédula possibilidade!

O homem partiu e deixou a hóstia consagrada na boca dos famintos.
Cabelos longos ao vento.
Mistério e sentimento, coisas de dor e momento, um lamento.
Crédula intenção!

O navio parte e a corda se rompe.
Vazio
No cais as pedras se movem...

É noite no inverno do Norte
Calor no Sul Tropical
A arara canta vermelha

O coração ficou preto!
O pão é branco
O vinho vermelho.

k.t.n.*

Nenhum comentário: