sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Das delicadezas

Gosto das delicadezas,
Destas todas,
Pequenas.
Lindas.
Caídas do céu.
Pintadas à mão.
Tão pequenas, mas tão pequenas!
Que não se pode divisar.

Destas que se sente.
Uma gotícula.
Uma semente.
A passagem
O botão.

A casa de brinquedo.
Muitos meninos
E um segredo.

k.t.n.& in quando o amor canta.

Nenhum comentário: