sábado, 6 de julho de 2013

Noite

A noite entra e traz consigo o  sono reparador. 

A espera tinge de bordados-brocados

A boca sutil que se avizinha na negritude espantosa 

Só acoite. 

Homens gritam, mãos tremem... 

É noite, 

Sussurra o ouvido suado das palavras!


 K. T. N.

Nenhum comentário: