Fohas de outono invernais



 Arte by Roman Urbinskiy.



As folhas do outono foram-se com o inverno
Derramaram ouro pelo caminho.
Apertados ficaram os olhos querendo vê-lo.
 Um instante, sozinho, a flor sem idade partiu.
As dores mais que douradas intensas multiplicaram-se.
 E inebriante brisa matutina enovelou-se pelos cabelos tingidos.
Tanta tinta!/
Tinha esperança!
 E foram espalhadas pelo vento.
Sorrateiramente planaram no solo fértil.
 A grama as varreu doidamente.
Sem sementes, sem frutos, só folhas, mais nada. 
In Katherine,
poemas para gostar de ser.
Não copie, respeite autoria!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trovinha de querer bem!

Teu aniversário