sexta-feira, 4 de maio de 2012

Dia de Superlua

 Dia de Superlua

A lua é só a lua, não é mais nada!
Azar dos poetas e das crendices.

Mas só empoeira vidraças de enamorados.
Não colore a ninguém, nem esparge vinténs.


Danada Lua é sombria e sorrateira.
Esconde-se em nossas fantasias.


k.t.n.*

Nenhum comentário: