sexta-feira, 16 de março de 2012

Fome

Se esta fome me deixar, comerei!
Deglutirei!
Entornarei goela abaixo,
Tamanha lista poética.
Tamanho texto/prosa.
Tua língua fina apontando lápis.
A forma esguia ditando normas.
A portuguesia e toda freguesia.

Seremos fome, seremos saciados.
Seremos homens, mulher e homem!

E na fome saciada, o sono vencido,
A cama, a varanda, a rede, o torpor.
O sonho sorrateiro espreitando
A hora de entrar, colorido.&*&

K.t.n.&*

Nenhum comentário: