sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

olhos

Se esta vida me empresta teus olhos, preciso olhar.
Antes que a nebulosa venha e me confunda.
Através do arco fatídico do dia que amanheceu.
Sem a pressa de outrora, mais vagar, mais demora.
Sentindo, prevendo, correspondendo,
Menos certeza,
Mais vida.

k.t.n.*

Nenhum comentário: