domingo, 30 de maio de 2010

Para Vanessa

Força versatililidade em teus prumos
Arrasta em caudaloso rio o vento primoroso
Inventa artefatos, um teatro, divinos vinhos.
Rumorosos, glamorosos, és assim...

Menina e moça, mulher e moleca..........
Força e coragem,
Risonha, feliz, amiga, das horas sempre.
Namoradeira, em seu rosto o gosto,
Do porvir, da vitória, da hora!

Toca o pasto, toca o plano, toca o piano..
Entorna a taça, bebe el viño...

És Vanessa, a cantante pequenina,
Atmosfera desconcertante,
Amiga, hospitaleira, tempestuosa, sem medo!

K.t.N.

Nenhum comentário: