sexta-feira, 7 de maio de 2010

amor criança

Não sei mais segurar criança,
não sei mais segurar nenén...
Mas em meu colo tenho a esperança,
a felicidade e o contentamento.

Não sei ajeitar o pequeno,
Nem controlar os trejeitos...
Mas sei que amo àqueles
que estaõ junto ao meu peito.

Não tem jeito,
amor sem fim é assim
Fiz trovinha ,
este versinho
para mim, assim, assim...

Velho jardim...
em reforma!

k.t.n.

Nenhum comentário: