domingo, 15 de novembro de 2009

mariscando



Chover mais que a alma pequena,
mais que o pranto marejado dos olhos, chover.

Chuva que cai e me rega.
Chuva que me tenta a correr.
Chuva que no barro escorrego ...

Como é bom e doce o meu viver!!!

k.t.n.

Nenhum comentário: