quinta-feira, 2 de abril de 2009

Rosa

No meu mundo rosa você caiu, de repente.
Nesta cor que me mata um átimo e um instante.
Uma cor e um semblante a esfera do que é capaz,
O amor que satisfaz as memórias do que nunca vi.

Nesta palha rosa o amor feitio cruza laços, anuncia navios.
Neste perfil cremalheiro a lenha insiste em fulgir rostos pequenos.
Na enseada da tarde o perfeito ideograma inacabado, o amor rosa, o amor prosa.
Neste perfil em pavio, direção sem fuligem, sem formol, sem divisas.

Nesta esfera enorme, meu canto de festa, de reza que enlaça.
No teu perfil, o nome, a sesta, o embate, o encontro, dos meus olhos nos teus.
A esfera, a testa, a promessa, o filho que não partiu, o amor em adornos infantis.

O encanto, a floresta o amor, o tom inacabado, o encanto...!
Suave e sutil, em teus braços adormeceu, no entanto!

k.t.n.

3 comentários:

blue star disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
blue star disse...

lindo poema princesa..somente pesoas como vc q tem tamanha sencibilidade em criar lindas frases..bjus

*andorinharos@ disse...

Lindo, lindo!
Estou aqui, conhecendo a arte poetica que te compoe e dignifica!
E a primeira vista, já percebo o quanto de beleza encontrarei por cá...Katia!
Parabéns!