sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Todo prosa

Meu 'chocholinho' ficou rosa...
Agora está todo prosa.
Que tristeza, que beleza!
Quem que se incomoda?

Morde a lata, chuta o balde.
Vira a caixa, remove o entulho.
Volta para a casa, cabisbaixo.
Ò menino, de travessuras!

Embocadura, em fim de rua.
No sinaleiro, bobagem tua.
Passa ligeiro, olhar matreiro.
_Deixa às raposas, as uvas podres.

k.t.n.

Nenhum comentário: