terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Jardim




Nosso jardim é assim...
Um pouco de você...
Um pouco de mim...

k.t.n.

02/01/2008












O jeito Kátia de ser
É meio assim,,, sem jeito,,,
desajustado, desordenado...
Odiado, porém muito amado...












Fikei sem jeito...
Sem fala, sem nada...
Vou de flores...
Inflada, não caibo no porta-malas...

bjs...



Eu te convido a fazer parte do meu jardim
Eu te convido àqui viver um pouco assim...
A serenar em canções
A festa das mais belas flores
A dança de todas as cores...

É assim o espaço que eu rego
É assim a flor que eu te empresto...
Podes escolher, podes pegar...
São várias... são crianças a brincar

É a vida, que em instantes se esvai
E brota, onde fingida o mal gosto cai.
E renasce, mais forte, vigorosa.
Renovação a síndrome que assusta.

Recriação... espaço que ilude.
Transformação,,, na dificuldade que aludes...
No entanto,,, é só jardim... não te rias de mim.

k.t.n.
Bordando p. mim.

06/01/2008


Estas flores são ofertas raras
Estas flores são simples ofertas.
Vc pode ficar com elas de cara.
Ou pode, na medida, descartar.



Nenhum comentário: