terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Eu

Estado de permanência

Sonho e durmo tranqüïla
A essência que é perfuma
meu quarto de todas as noites,
de todos os dias.

Passa pela janela
em s
urprendente alquimia!!
A
flora em borbotões
Abrem-se em sépalas,
pétalas, ,, doce odor!!

K*T**

10/10/2007


Me vejo dilacerada,
de meus versos aos anteversos,,,

Restam os pós-versos?!
Um nó perverso,,,#,,,#

K*T**
24/10/2007






Forte, invejada, combatida.
Contente, indiferente, resistente.
Inco
modo tanta gente,
tanta gente, tanta gente...

Pra frente maquinista,
seu foguista,
muita força, muita força, muita força...

É pra frente, é pra frente, é pra frente!!!

Piuiiiiiiiiiii......Iupiiiiiiiiiii.....!!!



Suzanah... oh!!

Estou longe de mim,

Estou dentro de ti...

Em espaços pekenos

De um jeito

De não sair mais,,

De ficar, de ficar, de ficar,,,

Olha, só!!

[k.t.n]















!!Suz
anah... oh!!

Estou longe de mim,

Estou dentro de ti...

Em espaços pekenos

De um jeito

De não sair mais,,

De ficar, de ficar, de ficar,,,

Olha, só!!
[k.t.n.]
27/11/2007







E no meio do caminho tinha uma fonte/ Tinha uma fonte no meio do caminho/ Tinha? Fonte? Pedra? Kátia? Katita?!!! Hummm,,,, sei lá, eu ke sei,,, !!!???


02/12/2007


Nenhum comentário: