segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Das sutilezas...

Sutil

Na minha tarde rosa
De um rosa pálido
Encontrei você tão feliz
Tão leve, tão solto

Levemente, meu rosto tocou
Delicadamente, em seu colo
Longo tempo de paz...
Rosto tão leve, gosto tão sutil.

Parecia uma mensagem ...
intocável do meu bem.
Parecia ke a tarde serena
Desmaiaria em sonho meu....

Doce Romeu, doce erromeu
Vc sabe ser doce
Vc sabe visitar
Vc sabe vir e partir..........

Doce, tão doce ke deixou
A tarde imensa,,,,
inacabável,,, amena....
Tão serena, tão tranqüila

A dormir, a dormir, a dormir...

22/12/2007

Nenhum comentário: