segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

AGOSTO***


Um mês tão meu,
Com jeito teu!
Tão especial,
Natural ficar anormal...

Mês de loucos,,,
De muito poucos.
Assim, rotos, famintos
Como lobos, ganindo,,,

Na estepe queimada
Amor teu debulhado
Na poeira irritante,
Savana, grito constante.

Eis ke surge o Leão
Entre dentes, rugindo
Entre feras, faminto!
Ai de mim, Deus me deu!!

Passa logo, passa,
Ke os anos já vem!
Passa logo, passa,
Meu amor, vem cá, meu bem!!

Hoje é festa, na floresta
Juriti se enrosca e pesca
Bem no fundo,,,
O ke foi teu!!!

K*T*N* (06*08)

Nenhum comentário: